Estrias na Gravidez, o incômodo das estrias na gravidez atinge 90% das gestantes e ocorre geralmente com quem será mãe pela primeira vez.

Estrias na Gravidez

Um dos problemas que mais afligem as mulheres durante a gravidez são as estrias, é quase inevitável o aparecimento delas, isso se deve à perda de elasticidade da pele, principalmente da barriga, um processo até certo ponto natural. A relação gravidez estrias é muito comum, pois afetam 90% das gestantes e deixam marcas permanentes na pele, principalmente na região dos seios, barriga, coxas e nádegas, daí a importância de prevenir esse problema.

Portanto já deu para ver que ter estria na gravidez é perfeitamente corriqueiro, os fatores são vários e a previsibilidade do aparecimento dessas incômodas marcas é praticamente impossível de ser feito. Entre as principais causas das estrias na gestação estão as alterações hormonais pelo qual passa o corpo feminino nesse período, porém especialistas afirmam que o principal fator para o desenvolvimento delas é genético, também existe outra causa que não está ligada a fatores naturais que é o uso de doses muito altas de corticoteróides.

O problema da estria na gravidez acontece com maior frequência em gestantes de primeira viagem, pois a pele se dilata de forma muito rápida como nunca havia acontecido anteriormente, caso as estrias não apareçam durante a primeira gravidez dificilmente aparecerão em uma próxima gestação, a não ser que ocorra um ganho abrupto de peso. Normalmente a ocorrência de estrias começa durante o sexto mês de gestação e na maioria das vezes aparecem em quantidade bastante grande.

Conclui-se que a relação gravidez e estrias é bastante comum, mas as gestantes têm algumas saídas para, ao menos, amenizar a ocorrência dessas incômodas manchas, uma delas é a prática de exercícios físicos moderados aliada a uma dieta balanceada antes e durante a gestação. Portanto a dúvida estrias na gravidez como evitar tem resposta e todo e qualquer tratamento pode ser eficaz desde que seguido à risca e não venha a causar nenhum efeito colateral. Os próprios cremes para estrias na gravidez são uma solução bastante usada e obedecem a um nível satisfatório de precisão no combate.

Portanto não há mais porque fazer a pergunta estrias na gravidez o que fazer? As soluções estão aí, basta que a gestante procure a que mais lhe agrade e que ache que será a mais adequada ao seu próprio corpo. Combater as estrias na gravidez como tratar de outros tipos de manchas na pele é uma atitude simples e que pode ser tomada por qualquer mulher em sua própria casa desde que acompanhada por um médico.

Estrias Tratamentos

Site meramente informativo, não comercializamos nenhum tipo de tratamento. Não temos relação ou responsabilidade sobre qualquer empresa citada, as informações aqui contidas foram retiradas de fontes disponíveis na internet.